>Duas chapas concorrem em Sindicato de Orizona

>

Aconteceu nesse sábado, 17 de abril, a assembleia geral ordinária de prestação de contas do exercício 2009 do STTR – Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Orizona. Cerca de 500 associados participaram da reunião da entidade, que é a maior e mais estruturada do setor no Estado de Goiás, contando com mais de 3 mil associados e uma ampla sede social.
Durante a assembleia, duas chapas foram apresentadas para concorrer à eleição da entidade, que acontecerá nos dias 21 e 22 de maio. O atual presidente, João Bosco Pereira, apoia a chapa encabeçada por Carlos Divino Miranda Pacheco – o Carlinhos da Coapro. Carlinhos disputa pela primeira vez à presidência do Sindicato. Ele é o atual vice-presidente da Creditag-Orizona e já foi diretor da Coapro, da Central de Associações e presidente do CTDRS – Conselho Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável da Estrada de Ferro. A chapa conta ainda com vários membros da atual diretoria, inclusive o atual presidente, que desta feita concorre como tesoureiro. Carlinhos apresentou na assembleia propostas que pretendem fortalecer as parcerias e dar continuidade à dinâmica da atual gestão.
A chapa de oposição terá como candidato a presidente João Bôsco de Lima, que presidiu a entidade por outros três mandatos. Além disso, figurou em entidades como a Coapro, CTDRS e Centro Social Rural. João Bosco tem nessa oportunidade o apoio de importantes lideranças como o ex-presidente do Sindicato, Pedro Jacinto, que na eleição anterior apoiara o atual presidente (João Bosco Pereira). Pedro Jacinto decepcionado com a atual administração rompeu com a mesma e chegou a desfiliar do STTR. Outro que mudou de lado foi o atual tesoureiro, Luziano Pereira, que concorre ao lado de João Bosco novamente como tesoureiro. A oposição defende uma maior aproximação da direção da entidade com a base, a melhoria do atendimento aos trabalhadores rurais e a ampliação das parcerias.
Como está em aberto o período para apresentação de candidaturas, outras chapas poderão se inscrever, mas essa possibilidade é considerada remota. A diretoria eleita tomará posse para um mandato de três anos em assembleia no final do mês de junho. (Anselmo de Lima).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s