>Balanço da Operação do Procon

>

Uma fiscalização preventiva e repressiva do Procon em segmentos comerciais esteve nas cidades de Leopoldo de Bulhões, Vianópolis, Orizona e Silvânia, entre os dias 17 e 24 de julho, o que resultou em 1,19 mil itens apreendidos. Sobressaíram produtos alimentícios avariados, sem origem, com data de validade vencida, todos descartados em aterro sanitário.
A ação foi desenvolvida também pela unidade de Itumbiara, que coletou amostras de gasolina C comum em um posto de combustíveis. No teste de qualidade foram encontrados 30% de mistura de álcool na gasolina, portanto, fora das normas da Agência Nacional do Petróleo (ANP), que fixa em 25% o porcentual máximo. A empresa foi autuada e ficará sujeita a penalidades previstas no Código de Defesa do Consumidor. O prazo para apresentação de defesa é de dez dias.
Outra operação, realizada em lojas de material de construção, em Goiânia, verificou produtos vencidos e sem origem, entre outras infrações. Foram visitadas dez empresas, em três não houve nenhuma irregularidade, uma teve apenas auto de apreensão e seis receberam auto de infração.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s