>Primeiro corte no Fundeb para Orizona

>

Aconteceu neste fim de abril o primeiro ajuste nas contas do Fundeb – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica, que se deve à revisão dos valores repassados nos três primeiros meses, que foram feitos com base nos coeficientes de matrícula de 2008.
Com essa mudança, 3.600 municípios terão um débito de R$ 248,1 milhões em suas contas, enquanto outros 1.961 serão beneficiados com crédito de R$ 146,2 milhões. Esses débitos atingirão os municípios em um momento de crise em que a maioria das prefeituras já está sofrendo com a queda da arrecadação e com as retenções abusivas realizadas pela Previdência nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O município de Orizona terá um débito no valor de R$ 114.759,31.
O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski (foto), alerta que “essa situação só ocorre porque o governo federal, novamente, não cumpriu a Lei do Fundeb, quanto ao prazo de publicação das estimativas. Se o prazo fosse respeitado, os municípios estariam recebendo os recursos do Fundo corretamente e não teriam que sofrer esse impacto financeiro num momento de crise que preocupa a todos”.
Por esta razão, o prefeito Felipe Dias, assim como outros prefeitos e prefeitas deverão reorganizar seus planejamentos e orçamentos municipais tanto em relação aos créditos como aos débitos realizados.
Leia mais aqui.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s