>Bom para quem?

>

Embaladas nas vendas recordes, as montadoras querem prorrogar a isenção do IPI até o fim do ano, arrasando de vez as contas públicas. Para o governo a prorrogação significa menor arrecadação de impostos. Para os municípios, significa que vão continuar em processo de degola, já que os índices são mal calculados e os critérios de repasse aos municípios são ridículos, quem toma com força é quem sempre fica com as sobras do bolo, ou seja, os municípios. Agora que o Conselho Monetário aprovou a redução do IPI para outros produtos industrializados, a situação deverá ficar ainda pior para os entes municipais. Já para o consumidor e para as empresas, essa razão parece invertida e animadora.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s